terça-feira, 10 de setembro de 2013

E ao me encontrar (ao encontar ela)

Talvez você se perca um pouco, se descobrir que não sou o que vê na superficie, talvez você se confuda com as minhas contradições, se você se aventurar a investigar meu passado vai se deparar com tantos erros, então se você quiser se afastar eu vou entender, apesar de estar cansada de ver isso acontecer, sinceramente não é tão díficil assim descobrir sobre ele.
Se eu me declarar pode ter certeza que é verdade, se eu me afastar, pode ter certeza de que não é fácil para mim, se você me magoar eu provavelmente vou ficar triste, e se eu me esconder, se preocupe, mas se você me magoar e ainda assim eu não me afastar, acredite, para mim você vale a pena, então valorize isso, por favor.
Conheço muita gente, e posso parecer ser bem "sociavél", mas na verdade poucos me tem o bastante para conhecer todos os meus lados.
É meio dificil falar sempre eu, eu, eu, as vezes Ela é melhor, ambíguidade é um lado que me protege, que me fortalece.

Então sobre ela: Se encontra em um labirinto, confuso as vezes certo, outras errado, falando eu sem querer, usando o "ela" pra viver(o lado bom dela, o lado bom da vida), tentando encontrar seu Grande talvez. Engolindo livros, para não precisar se prender em um único mundo. Ela anda surtando, tanto no mal, quanto no bom sentido da palavra.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Quando ando por entre o meio do dia nublado, quando faço que não vejo, ou que não sei.
Quando esculto e só concordo com gestos sem animo, ou quando finjo não escultar o que não gostaria de ouvir. Cada gesto é uma concequência de milesimo de emoções e as vezes da falta dela.
Tem um vazio, dentro de mim, a um eu dentro do vazio, e no meio, e nas beiras. Não restou muito.
E eu só espero não ter tantos vazios, que me levem para o abismo, que me levem ao nada.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Não Se Preocupe Criança


'' Houve um tempo, eu costumava olhar nos olhos de meu pai
Em um lar feliz, eu era um rei que tinha um trono de ouro
Aqueles dias se foram, agora as memórias estão na parede
Eu ouço os sons dos lugares onde eu nasci. ''
 Don't You Worry Child - Swedish House Mafia

 É, o tempo passa tão depressa que nem nos damos conta, o tempo passa tão rápido que quando olhamos para atrás  percebemos que vivemos muito, e que ainda teremos mais coisas para viver.
Existiu um tempo em que tudo era resumido em levar a vida como uma linda estoria de conto de fadas, nossos pais eram que fazia tudo por nos, que nos guiava a  um caminho que eles achavam bom para nós.
 Ai crescemos entramos na adolescencia e percebemos que tudo o que somos é meio que resumo de nossos pais, de quem nos criou e dos amigos que tivemos, nos confudimos, tentando encontrar um grupo ao qual nos encaixemos, nos perdemos e descobrimos que somos diferentes até mesmo do que imaginávamos ser.
Entrar para o ''mundo adulto'' é algo que assusta de  certa forma, bom não é só o peso de ter que escolher uma profissão. Eu mesma, não tenho essa dificuldade, sempre soube quais carreiras gostaria de seguir, e comecei a trabalhar cedo aos 15 anos, e sim foi ótimo de certa forma, foi uma experiência incrivél, e estou quase concluindo o contrato. 
Acho que um dos motivos que mais aterrorizam quem está prestes a fazer os tais 18 anos é justamente a incerteza de como tudo vai ser, a faculdade, trabalho, morar sozinho, todas essas coisas de adulto...
Engraçado mesmo é que quando era mais nova era doida pra fazer 18 anos, era louca pra ser ''dona do próprio  nariz'', poder ir as festas sem ter que ouvir um NÃO do pai... kkk
De verdade, eu  fico muito feliz por esta entrando nessa fase, e vejo que penso até com mais maturidade do que algumas pessoas da minha idade (sem me achar, mesmo), mas eu fico com o sangue borbulhando de lembrar disso kkk 1818181818 kkk
Enfim, é uma época difícil, mas de certa forma incrível, me sinto eufórica, feliz, confusa, e muito ansiosa.
(Obs: Faço 18 anos só em agosto!) kkkk

Ah e o que a musica tem haver com isso? 
Bom, pra mim tudo, ela grudou em mim, e me faz lembrar exatamente de tudo, desde o primeira decepção, primeiro beijo, primeiro namorado, primeira série kkk, primeiro trabalho  principalmente, primeiro blog que durou e que tenho como ponto de referencia nessas descobertas, mesmo que não atualize sempre, mas sempre vai ser minha referencia, do que fui e sou, quando olho os primeiros textos eu vejo como eu era, sentimental e como escrevia mal kkkk,  e eu sinto um orgulho imenso de tudo que vivi e escrevi até hoje, e do quanto evolui em alguns aspectos, isso me faz um bem danado, me faz ver que ainda posso ter mais histórias, e que futuramente vou estar lendo esse texto como uma adulta, analisando a mim mesma de antes e dizendo:

-Não se preocupe, não se preocupe agora criança
Veja, os céus tem um plano pra você... :)

domingo, 27 de janeiro de 2013

Para sempre jovens, um dia em que marcou história.

O Brasil acordou mais triste com a noticia do que aconteceu em Santa Maria no estado do Rio Grande do Sul, cerca de 2.000 jovens que estariam fazendo faculdade na cidade no começo do mês que vem foram para uma boate, com a intenção de se divertirem e comemorar a entrada da faculdade e de uma nova fase da vida...
Infelizmente aconteceu um acidente, um incêndio, existem suspeitas de que o que ocasionou o incêndio foi o Show pirotécnico ao qual a banda que tocava tinha em seus shows...
Por falta de equipamentos e de uma maior segurança, e até mesmo falta de responsabilidade do dono aconteceu o acidente, não havia saídas de emergência o acesso a porta era pouco e os jovens se desesperaram, muitos foram para o banheiro pensando que ali talvez fosse uma saída, mas não, houve tumulto e muitos ficaram presos lá e com o seu ar sendo tomado pela fumaça que os mataram...
Moro em Brasília e mesmo não conhecendo ninguém de lá, fiquei muito triste ao saber que varias vidas foram ceifadas dessa maneira, duzentas e quarenta pessoas é a estimativa de mortos e de tantos outros que haviam ido para o hospital em estado grave.
Como jovem, como brasileira eu me comovi ao imaginar se fosse eu se fosse com minha família, e eu cheguei a conclusão de que a vida é realmente algo frágil. Eu sinto muito pelas famílias, e pelas vidas que se foram dessa maneira tão cruel.
Mas como alguém que pode dizer que tem vida eu só queria dizer aos jovens, aos meus amigos que vejo a cada dia com problemas e sofrendo de amor ou por não terem o que querem ou por qualquer outro motivo, que vivam suas vidas, que vão atrás de seus sonhos, a vida é cheia dessas circunstancias tristes e muitas vezes é complicado até mesmo de se entender...
Mas viver incredo da vida não adianta nada, eu gostaria muito que meus amigos matassem os seus medos, eu gostaria muito que o mundo fosse mais seguro, e que os jovens pudessem acreditar que podem se divertir sem medos.
O mundo anda realmente difícil  mas acredito que todo mundo pode ajudar a mudar isso, expor sentimentos, pedir seus direitos, se informar mais sobre as coisas, ouvir mais os pais, e dar mais valor a si mesmos, acreditando mais na vida, porque ela é só uma, é importante nunca perder a sua juventude durante a sua vida, é importante cultivar os bons sentimentos, até mesmo para superar as dores, ninguém é imune a dores, mais todos somos capazes de deixar uma marca boa no mundo, de sermos humanos enquanto pudermos...
Acredito que boa parte dos jovens que se foram pensavam assim, eles queriam viver mais, e conquistar seus sonhos, então se você tem uma vida, não desanime, pense que tudo pode da certo, e que anjos existem...

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Não queria nem por um segundo te dizer adeus

Estupida. Só essa a palavra que tenho pra me descrever nesse exato momento.
Incrível como o tempo passa, como as coisas mudam tanto...
Ah um tempo atrás eu mal tinha entrado na adolescencia, hoje sou praticamente uma mulher, fico maior de idade esse ano... E eu digo: -Já?
Mas esses últimos dias eu me surpreendi comigo mesma, eu sei é um novo ano e tudo...
Mas aqui dentro não mudou muita coisa. Pelo menos não em relação a você.
Tem mais de um ano que não te vejo, e por mais que eu concorde com você ao dizer que passou, aqui dentro não é bem assim.
Eu sempre soube que amor eu só senti com você, e só senti amor de verdade vindo de você.
Porque só você tremeu perto de mim, e eu só me senti com tanta paz perto de você, alias, só me senti confortavél no seus braços e nunca mais confiei em mais ninguém que não fosse você, você foi o único que amei por inteiro, de corpo, alma e coração.
Eu só exagerei contigo, todas as cartas, todos os versos, musicas, tudo só com você.
Eu sei que tudo mudou, tenho plena consciência disso, mas eu quero que saiba que te amo, é um amor complicado por tudo que vivemos, mas é verdadeiro.
Eu sempre sonho com você, é quase impossivel eu não lembrar da gente.
Mas hoje eu tive um sonho e me senti estupida.
Sonhei que depois de anos, você aparecia na minha casa, dos meus pais, e ia fazer negocio com meu pai, algo do tipo, e você aparecia mais velho, mais forte, com uma mulher branca de cabelos pretos e uma pinta proxima a boca, era sua esposa, você mal dirigia a palavra pra mim e eu só observava, tinha uma bebe de mais ou menos um ano junto de vocês, ela sorria pra mim, e derrepente ela virava pra você e dizia: -Papái, eu sai dali naquele mesmo momento, você me olhava serio, com um ar de tristeza e eu ia pro quarto, batia as portas e chorava, chorava, e acordei chorando, e chorei, chorei até me dar conta de que eu tinha despertado de um sono quase real de tão profundo, me dei conta que era 6:35 da manhã, estava frio e eu me encolhi com medo de algo que até então não tinha.
Ridicula só isso, só assim que me senti, então eu pensei o quanto aquilo me pareceu egoista da minha parte, mas ao mesmo tempo eu senti tudo de novo, o medo de te perder, e eu nem estou com você, mas isso é estranho, porque você esta em mim, dentro de mim, e eu senti medo de te ver partir, eu percebi que o mais perto que eu cheguei de querer ter uma familia foi com você, eu sei nada é totalmente pra sempre, mais as coisas duram.
Me senti como quando a gente se conheceu e você disse que teria de ir embora, e eu morria de medo de você partir, mas eu sei que você vai ir embora, você vai ficar com a sua familia, meu medo nunca foi você ir embor, acho que nunca foi medo de quilometros, mas medo de você sair de dentro de mim, medo de você esquece do quanto eu te amo, o quanto te amei, e das coisas que eu fiz pela gente, medo de você se esquecer que um dia me amou, medo de perder por completo.
Eu já te pedi pra voltar pra mim, já briguei com você, quase morri de felicidade e de tristeza a ultima vez que te vi, e ter ouvido aquel : -Vai dar conselho primeiro pra si mesma, me doeu, mas eu entendi o que você quis dizer.
Te pesso desculpas por não ter sido a princesa perfeita que você dizia que eu era, te pesso desculpas por te sufocar com tanto drama, te pesso desculpas por não ter sido compreensiva quando eu devia ter sido.
Não posso te impedir de viver sua vida, não posso te impedir de ir embora, não que eu não queira, mas não é certo, eu te desejo toda sorte, e sempre vou torcer por você, eu entendo se você encontrar outra familia, por mais duro que seja pra mim, eu entendo que é dificil, de entender, mas eu te amo, e eu só não tenho ninguém pra ser meu amor, porque eu já tenho você dentro de mim, e nada muda o fato de que você foi e vai ser de fato pra sempre o meu primeiro namorado, o melhor que eu pude ter.
Seja como for ainda vou querer te ver, aindo vou querer se tua amiga, e poder levar essa história comigo até fica bem velhinha se Deus permitir.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Deixa eu ficar aqui, ouvir essas músicas que só eu entendo, escrever como quem se auto-exorciza, viver como quem não deve nada, só acrescenta, me deixa gritar pro mundo com os dedos...